Comentários Eleison nº 763



Por Dom Williamson

Número DCCLXIII (763) – 26 de fevereiro de 2022


PANORAMA DOS VILÕES


Pobres planejadores de um mundo "grande" e sem Deus,

Nas profundezas do Inferno eles serão lançados!


Um confrade no sacerdócio escreveu outra síntese valiosa de todo o caso corona ou covid, para ajudar as almas a ver claramente do que se trata realmente, em contraposição ao que os mentirosos do passado, do presente e do futuro nos dizem que se trata. Ele explica como o orgulho insano de um pequeno grupo de homens está querendo construir “A Torre Definitiva de Babel”, para deixar Deus de fora e ocupar Seu lugar, de uma vez por todas. O propósito deles é, assim, triplo: dizimar a humanidade; criar uma Nova Ordem Mundial global; e criar um tipo completamente novo de homem, que será controlado por uma elite satânica: eles mesmos. De fato, eles vêm trabalhando nesse projeto por séculos a fio, mas o avanço final de algo tão novo requeriria uma “pandemia” mundial para que fosse introduzido – daí o “coronavírus”, de Wuhan, na China.


Mas as baixas estatísticas de mortes pelo corona desmentiram a "pandemia", como já vinha sendo evidenciado, em primeiro lugar, pela estrita censura universal de qualquer história contrária nos meios de comunicação oficiais do mundo, uma censura que só poderia provir de um centro de poder altamente eficiente e extremamente poderoso; e, em segundo lugar, pelos políticos servis do mundo, dispostos a impor ao público qualquer farsa ordenada por seus mestres ocultos, por exemplo, no presente caso, a proposição ridícula de que a única resposta à "pandemia" é sua "vacina" ou injeção.


Devemos deter-nos por um momento na “vacina” diabólica vinda dessa elite de satanistas. É um produto inacabado, intrinsecamente dependente dos múltiplos abortos da indústria "médica" do feto, que funciona pela manipulação de genes humanos, esterilizando mulheres, carregado de nanopartículas metálicas para trabalhar na mistura de seres humanos com máquinas, aquele "transumanismo" amado por gente como Karl Schwab com o fim de criar um tipo completamente novo de ser humano, que já não seja criado por Deus.


Essa espécie de batismo satânico, destinado a toda a humanidade, é absolutamente inaceitável para os católicos.


Voltemos ao triplo objetivo dos globalistas com suas chamadas "pandemia" e "vacina".


Em primeiro lugar, sobre dizimar a população mundial, como se comemora nas monumentais Pedras Guias da Geórgia erigidas em 1980 nas proximidades de Atlanta, nos EUA, a primeira diretriz diz: “Manter a população mundial abaixo de quinhentos milhões”, ou seja, bem abaixo de seus atuais oito bilhões, porque o número muito reduzido de seres transumanizados será muito mais fácil, para a pequena elite da NOM, de controlar como seus escravos. As mortes devem aumentar constantemente à medida que as repetidas "vacinas" e os reforços minem constantemente os sistemas imunológicos dos homens.


Em segundo lugar, como os restos em ruínas da antiga Ordem Mundial Romana estão sendo empurrados para a parede por um colapso financeiro deliberado e uma Terceira Guerra Mundial planejada, suas ruínas tornarão possível a construção de uma totalmente Nova Ordem Mundial. E como a cristandade supostamente terá falhado, os homens se voltarão para um prolongamento anticristão de seu materialismo ateu, a saber, o comunismo, segundo o modelo chinês, com a "liberdade" sendo substituída pela supervisão e pelo controle total da população, por meio de "chips" injetados.


E, em terceiro lugar, pela bem sucedida fusão do homem com a máquina através de implantes no cérebro e no corpo, consistentemente pesquisados ​​em vários países desde o final da Segunda Guerra Mundial, a evolução humana dará um grande passo adiante, e o Novo Homem nascerá "limpo dos erros e das omissões do homem (tal como ele é)”, como disse Schwab. Esta é a última versão da glória do homem em substituição a Deus – a Torre Definitiva de Babel.


Então, esse programa satânico está destinado a ter sucesso? Não há nada que possamos fazer? Pelo contrário! diz o nosso confrade. Em primeiro lugar, ninguém pode arrancar-nos, contra a nossa vontade, a nossa fé nem a graça de Deus. Em segundo lugar, precisamos de uma grande confiança em Deus. Ele nos pode pôr à prova, como o fez a Jó, mas se passarmos na prova, grande será a recompensa. E, em terceiro lugar, nenhuma Torre de Babel teve êxito em toda a história humana. Deus é Deus. Não nos deixemos intimidar!


Kyrie Eleison.