Comentários Eleison nº 729



Por Dom Williamson

Número DCCXXIX (729) – 26 de junho de 2021


DEUS NO CENTRO


Que a cada dia mais almas se perguntem,

O que esses criminosos estão inoculando em nós!


Quando me pergunto como podem zilhões de cidadãos em todo o mundo ter tão pouco bom senso a ponto admitir e aceitar esse absurdo da covid, uma avalanche de mentiras que cativa a mente das pessoas, e então a estupidez tirânica que domina seu comportamento, só consigo chegar a uma resposta: eles deixaram que a “ciência”, e então a tecnologia, e, finalmente, a eletrônica dominarem suas vidas de forma que não tenham mais bom senso suficiente para reconhecer a fraude global e enfrentar os tiranos globais.


É uma antecipação do que São Paulo diz sobre a vinda do Anticristo: “E então se manifestará esse iníquo... a vinda dele é por obra de Satanás com todo o poder e com sinais e prodígios mentirosos, e com todas as seduções da iniquidade para aqueles que se perdem, porque por sua culpa não abraçaram o amor da verdade para serem salvos. Por isso Deus lhes enviará o artifício do erro, de tal modo que creiam na mentira, para que sejam condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas se comprouveram na iniquidade” (II Tes. II, 8-11).


Este é um texto que é válido para todas as épocas e todos os lugares, mas aplica-se mais do que nunca à medida que nos aproximamos do fim do mundo. Observe-se como o problema começa com a falta de amor pela verdade. Amar a verdade e buscá-la é um grande dom de Deus, porque se alguém a busca, a encontrará (Mt. VII, 7–8), e se então continua a buscá-la, Deus conduzirá o que a busca para o Céu e para a felicidade eterna, e nada menos que isso. Mas se por amor ao mundo, à carne ou ao Diabo, esses três grandes inimigos da alma, alguém recusa a verdade ou se recusa a persegui-la, então à falta da verdade na mente necessariamente seguirá o erro na mente, a erosão do bom senso e a corrupção e a imoralidade na vontade. Pois, com efeito, o bom senso é um dom de Deus natural da mente, com sua capacidade de reconhecer a realidade que a rodeia, e com a realidade a verdade, uma capacidade normalmente necessária para sobreviver. Mas se eu coloco minha vontade contra a realidade e a verdade, como me é possível fazer, então Deus permitirá que eu corroa de tal modo meu bom senso que ele já não terá nenhum sentido para mim.


Isso é o que está acontecendo agora em escala global, de modo que os mais prestigiosos dos “intelectuais” estão se tornando os mais estúpidos dos seres humanos; pois, por exemplo, para impor seu próprio esquema de igualdade na Criação sobre o desígnio de variedade de Deus por meio da desigualdade, eles se recusarão a dar qualquer reconhecimento à múltipla complementaridade entre o homem e a mulher, e se empenharão em transformar homens em mulheres e mulheres em homens, com resultados desastrosos para ambos, e com operações cirúrgicas catastróficas para os meninos que supostamente se transformem em meninas e as meninas que supostamente se transformem em meninos. Mas por que não, se Deus, a Criação, a Natureza, Adão e Eva, o Céu e o Inferno não são verdadeiros? Então, o mundo inteiro se torna meu brinquedo, e o cercadinho de pessoas como Gates, Soros e Schwab.


Eis porque o único e verdadeiro Deus, de quem derivam a Criação, a Natureza, Adão e Eva, o Céu e o Inferno, está no centro mesmo desta fraude-covid global. NÃO porque Ele a tenha causado diretamente, mas porque Ele certamente primeiro a permitiu, "para que sejam condenados todos os que não deram crédito à verdade, mas se comprouveram na iniquidade". Nenhuma mentira pode entrar em Seu Céu, muito menos uma avalanche de mentiras. Mas Ele pretende povoar Seu Céu, por mais que os homens queiram despovoar Seu mundo!


Kyrie eleison.