VOZ DE FÁTIMA, VOZ DE DEUS Nº 26

12 de agosto de 2017

“Vox túrturis audita est in terra nostra”

(Cant. II, 12)

“Fidélité Catholique (Bretagne – Nord)” publicou um apelo aos fiéis para que apoiem os decanos recentemente sancionados pelo Rev. Pe. Bouchacourt.

Este apelo se encerra pelas seguintes palavras:

“Não ao ‘ralliement’ à Roma neomodernista e neoprotestante denunciada por Dom Lefebvre!

Sim à Roma Eterna, mestra de sabedoria e de verdade!”

Eis aí bem resumido todo o combate de Dom Lefebvre, verdadeiro doutor da constituição divina da Igreja. Não ao “ralliement” e sim à Roma Eterna. Não às doutrinas dos inimigos da Igreja, infiltrados em seu seio, e sim ao Magistério infalível da Igreja.

Sigamos Dom Lefebvre nesta crise, pois ele não só indicou a causa dos males presentes, mas também nos deu soluções práticas necessárias para não sucumbirmos aos ataques dos inimigos do reino de Nosso Senhor. Combatamos como ele combateu, e veremos um dia a vitória da Roma Eterna, mestra de sabedoria e de verdade.

+ Tomás de Aquino OSB

U.I.O.G.D.

#Atualidades #Fátima #Textos

Posts recentes

Ver tudo

VOZ DE FÁTIMA VOZ DE DEUS “Vox túrturis audita est in terra nostra” (Cant. II, 12) Nº 72 – 13 de agosto de 2022 No décimo domingo depois de Pentecostes, Nosso Senhor nos propõe a parábola do fariseu e

VOZ DE FÁTIMA VOZ DE DEUS “Vox túrturis audita est in terra nostra” (Cant. II, 12) Nº 71 – 6 de agosto de 2022 Cada primeira sexta-feira do mês os monges têm um retiro mensal com adoração do Santíssim